Início Por Cá Clonagem de cartões em Amor

Clonagem de cartões em Amor

Por
600
0

A clonagem de cartões bancários já chegou a Amor.

Cristina Marques, residente nesta freguesia, foi vítima de duas tentativas de clonagem dos cartões bancários em menos de duas semanas. Como nos confidenciou, no final do mês de Janeiro, a instituição bancária questionou-lhe se algum dos titulares da conta se tinha deslocado para fora do país nos últimos tempos e, como não foi o caso, avisaram-na de que alguém tinha tentado clonar o seu cartão multibanco no estrangeiro.

Passada uma semana, recebeu um novo aviso por parte da instituição gestora de cartões que alertava que tinha ocorrido uma nova tentativa de clonagem, desta vez do seu cartão de crédito do mesmo banco, agora no Reino Unido.

Em ambos os casos, não foi detectado até à data qualquer movimento anómalo na sua conta bancária, pressupondo que não passaram de tentativas.

Com a evolução dos tempos, poucos são aqueles que ainda continuam a utilizar exclusivamente o dinheiro como forma de pagamento, para a maioria das pessoas as notas e moedas foram substituídas pelo chamado “dinheiro de plástico”, cartões de débito, cartões de crédito e cartões pré-pagos.

Os cartões bancários libertam espaço na carteira e conferem maior segurança a quem os usa, uma vez que já não necessita de andar com elevadas quantias de dinheiro na carteira. Além disso, os cartões permitem fazer várias operações bancárias, tais como: efectuar pagamentos, levantamentos, transferências bancárias, consultar o saldo e movimentos de conta.

Embora os cartões tenham vindo facilitar a vida a muitos, há que ter algumas precauções com a sua utilização, nomeadamente o crescente risco de clonagem dos cartões, que consiste em copiar, com recurso a mecanismos sofisticados, a informação neles contidos. Estes mecanismos podem ser colocados nas fendas dos terminais multibanco, ou até, ser utilizados por funcionários menos honestos nos locais de prestação de bens e serviços. Após recolhida a identificação magnética, basta reproduzi-la para outro cartão, e na posse do código pessoal, podem utilizá-lo.

Em todos o tipo de cartões deve-se adoptar alguns comportamentos preventivos. Ficam algumas dicas a ter em atenção nas Caixas Automáticas e Terminais de Pagamento:

– Prefira recorrer a caixas Multibanco com câmara de vigilância ou situadas no interior de agências bancárias;

– Antes de introduzir o cartão no Multibanco, confirme que a máquina está em perfeitas condições e não apresenta quaisquer indícios de ter sido vandalizada, alterada ou modificada;

– Se o cartão ficar bloqueado ou capturado, entre em contacto com o Banco Emissor, ou ligue para o serviço de apoio ao cartão do seu banco para cancelamento do mesmo;

– Sempre que tiver dúvidas telefone e anule o cartão, é preferível um custo de alguns euros do que uma burla de centenas de euros;

– Ao realizar o pagamento, mantenha sempre o cartão no seu horizonte visual, especialmente no caso de o comerciante alegar que o TPA está a dar erro;

– Nunca revele o seu PIN a ninguém;

– Evite códigos demasiado óbvios como a sua data de nascimento ou sequências numéricas;

– Ao inserir o código PIN procure ocultar o teclado com o auxílio da mão ou do corpo;

– Faça um controlo regular dos movimentos da sua conta e se detectar um movimento que não identifica, entre de imediato em contacto com o seu banco.

Mais vale prevenir!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here