Início Escolas Defesa da escola. Ponto.

Defesa da escola. Ponto.

Por
698
0

Quarta-feira, 4 de Maio de 2016, pelas 17h30 dezenas de pais responderam ao apelo da direcção do Colégio Dinis de Melo (CDM) em Amor.

A urgência na marcação desta reunião, presidida pela Directora Pedagógica, Dra. Cremilde Rodrigues, prendeu-se com as alterações nas políticas educativas, nomeadamente no que se refere aos contratos de associação assinados com inúmeros colégios de todo o país. A comunicação social tem vindo a anunciar as novas directrizes tomadas pelos nossos governantes, causando uma indignação e revolta a nível nacional.

Foram anunciadas as mudanças que irão decorrer, caso sejam decretadas as deliberações propostas por alguns membros do Governo e, as alternativas de tentar-se travá-las dando a oportunidade de os pais poderem escolher a escola que mais desejam para os seus filhos.

Após a exposição do ponto de situação, foi dada a oportunidade dos pais questionarem e opinarem sobre o assunto.

O intuito da reunião teve por base a publicação por parte do Governo do despacho normativo nº1-H/2016 de 14 de Abril, que vem colocar em causa o direito dos pais na escolha da escola para os seus filhos e, alguns estabelecimentos de ensino particular e cooperativo com contrato de associação deste país correm o risco de encerrar, caso este despacho seja promulgado.
Estas alterações na interpretação da lei fundamentam a distribuição dos alunos pelas áreas de residência dos encarregados de educação e, primeiramente repartidos pelas escolas públicas, de acordo com as afirmações da Sra. Secretária de Estado Adjunta e da Educação.

O Colégio Dinis de Melo quer unir-se às demais instituições de ensino particular, que possuem um Contrato de Associação com o Ministério de Educação. Partilhando dos mesmos princípios, oferecer um ensino gratuito para os alunos, promover a educação e os postos de trabalho na freguesia, o CDM vai mover acções de contestação na expectativa de reverter o proposto pelo Ministério da Educação, e todos os que concordem com os seus conteúdos poderão aliar-se:

  • Assinando duas petições “TODOS OS CIDADÃOS TÊM A MESMA DIGNIDADE SOCIAL E SÃO IGUAIS PERANTE A LEI – EDUCAÇÃO” e “EU ESCOLHO A ESCOLA DO MEU FILHO”;
  • Estão a ser redigidas missivas que serão entregues nas residências oficiais do Sr. Presidente da República e do Sr. Primeiro-Ministro a apelar à revogação do despacho normativo;
  • No próximo dia 6 de Maio, sexta-feira, às 10 horas, ocorrerá um abraço à escola, onde os presentes são convidados a vestir uma t-shirt branca ou amarela.

Todos os que acreditam neste Projecto Educativo com a missão de “Ensinar a ser, a saber e a fazer, em consciência, em liberdade e em responsabilidade”, poderão unir-se por esta causa!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here