Início INFORMAÇÃO Receitas vitalícias: uma vontade, que ainda não é realidade!

Receitas vitalícias: uma vontade, que ainda não é realidade!

Por
129
0

Os doentes crónicos poderão vir a deixar de ter de ir a consultas médicas para aviar as suas receitas! A lei surgiu já no mandato do antigo bastonário da ordem dos farmacêuticos, Prof. Dr. Carlos Maurício Barbosa, e a recém-empossada, Dra. Ana Maria Martins também defendeu esta possibilidade.

Em conversa com o AmorMais, a Dra. Carla Pedrosa, farmacêutica na Farmácia Pais Laranjeira (Amor), esclareceu que se trata de uma vontade, contudo esta medida ainda não é uma realidade. A aprovação desta medida carece de mais esclarecimentos e de uma avaliação pormenorizada, tendo em conta que os doentes poderão não ter a mesma medicação durante toda a sua vida. “Ainda não existe uma previsão de quando esta medida irá entrar em vigor”, indicou ainda a farmacêutica.

Segundo o despacho publicado no Diário da República, a partir do dia 1 de Abril do presente ano as receitas em papel serão definitivamente substituídas por receitas electrónicas. Neste novo método, entendido como mais prático, inovador e sustentável, os médicos prescreverão as receitas através do cartão de cidadão do utente e este deverá apresentá-lo na farmácia a fim de aviar as mesmas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here