Início Efemérides Dia Internacional da Democracia

Dia Internacional da Democracia

Por
202
0

O termo “democracia” surgiu na cidade-estado de Atenas durante a antiguidade clássica no século V a.C, fundada por Clístenes, sendo este definido por governo (kratos) do povo (demo), ou seja, o povo exerce o poder através do sufrágio universal.

No dia 8 de novembro de 2007, a ONU implantou a nível internacional e anual o Dia da Democracia a 15 de setembro, e isto porquê? A assembleia geral da ONU afirma que a democracia “é um valor universal, baseado na livre expressão da vontade dos povos ao determinarem os seus sistemas políticos, económicos, sociais e culturais (…)”, incentivando assim os governos a fortalecer programas nacionais dedicados à eleição e estabilização da democracia.

Já alguma vez parou para pensar se não pudéssemos eleger os nossos próprios representantes políticos e estivéssemos a ser governados por alguém em quem não sentimos segurança, justiça e conforto? Foi e ainda é uma realidade que acontece àqueles que vivem em países cujos sistemas políticos são antidemocráticos.

Na Grécia Antiga, mais propriamente em Atenas para podermos participar livremente na democracia ateniense era obrigatório ser um homem livre com mais de 21 anos e ser filho de pai e mãe atenienses. As mulheres, os metecos e os escravos representavam cerca de 90% da população, mas estes não tinham quaisquer direitos, o que significa que o corpo cívico era muito reduzido. Mas, o conceito de democracia foi ganhando novas definições e novas formas de agir e felizmente, em Portugal, depois da revolução do 25 de abril de 1974, todos aqueles que possuem mais de 18 anos têm o direito à votação.

Nesta data importante, aconselho vivamente a celebrar o facto de não vivermos num regime oprimido, como viveram alguns de nós, na época de Salazar, e podermos ter a livre vontade de mostrar ao mundo quem de facto confiamos para nos representar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here