Início Amor Por Aí #AmorPorAí – Cristiana Gonçalves

#AmorPorAí – Cristiana Gonçalves

Por
235
0
Cristiana Ggoncalves no Parque Nacional dos Lagos em Plitvice, Croácia

Cristiana Gonçalves, 22 anos, Barreiros, viajou até a Ljubljana, Eslovénia

Quando viajaste e quanto tempo lá estiveste?

De Setembro de 2015 a Fevereiro de 2016.

Porquê é que resolveste viajar?

Sempre quis perceber o outro lado da verdade.

Se as pessoas vivem, comem e amam da mesma forma à volta do globo, ou se existirão diferenças. Bom, claro que as há (mesmo dentro do mesmo país) e adoro-as! Desde há algum tempo que tenho curiosidade nestas diferenças culturais e experimentá-las foi muito enriquecedor.

Como é sustentada uma viagem destas?

Este tipo de oportunidades, são criadas e financiadas pelo projecto Erasmus+, cujo objectivo é o desenvolvimento de actividades para jovens nas áreas de educação e formação.

Dependendo do país de destino, é dado um apoio financeiro ao estudante, independente do seu nível socioeconómico. A escolha do país depende de uma lista já existente e de um segmento de critérios.

O que aconselhas a visitar ou fazer em termos culturais?

O país é lindíssimo. Tem montanhas e lagos, pode-se facilmente ir ao teatro ou à ópera…

O Metelkova é algo que todos devem visitar também (pesquisem!).

E mais importante, conhecer os locais [as pessoas]!

Quais as maiores diferenças que descobriste em relação a Portugal?

Grande parte do meu tempo passei-o com pessoas de vários sítios, não apenas com eslovenos. Os Balcãs partilham a história da Jugoslávia e isto ainda é um tópico que se sente entre os mais velhos.

A comida é deliciosa e gordurenta. Burek de espinafres e Ćevapčići são os meus pratos favoritos.

As pessoas não são tão morenas, mas também são simpáticas e prestáveis.

Bicicletas por todo o lado…Trotinetes, patins, skates. Todos os transportes são apreciados!

Para ti, qual foi o pior e o melhor desta experiência?

O melhor desta experiência foram as pessoas que conheci, os laços que criei. Todas as aprendizagens que fiz. O pior foi perceber que não sou omnipresente e que existiram eventos em Portugal em que gostava de ter estado presente.

Conta-nos uma palavra que aprendeste em esloveno?

Aprendi várias! Uma que gosto é “odlično”, fantástico.

O que é que esta experiência mudou em ti?

Bom, vim com rastas, uma mudança bem visível! (risos)

Acho que ainda estou a perceber as repercussões que teve em mim. Posso dizer que foi sem dúvida mais intenso do que o eu esperava. Sinto-me mais exigente, mais grata, mais impaciente… E ainda com uma curiosidade enorme sobre as verdades que ainda não conheço!

Partilhar
Artigo anteriorAmor+Jovem: Fábio Casaleiro
Próximo artigoRecomeçaram os cursos
Escrito por:

Sílvia Góis

Sílvia Góis, natural dos Barreiros e estou como sou no AmorMais. O gosto pela criação e recriação acompanha-me desde que 1 metro era o tamanho da minha altura. Disseram-me para seguir algo certeiro - para a procura do “Emprego” e o que se seguisse fosse mais fácil. As oportunidades para seguir dessa maneira surgiram, mas não fruíram. Sabia o que não queria (Se fosse ao contrario era mais fácil!). Então, o meu percurso académico passou pela multimédia e animação cultural. E a fotografia digital é um hobbie. No fundo seria bom que “O Emprego” pudesse ser: Idiota. Porque o meu forte mesmo é ter ideias (e os outros sinónimos todos dessa palavra, se quiserem). Por ter tantas, e não saber o que fazer com elas, sozinha, tento canalizá-las desde 2012 para a Associação Desportiva e Recreativa dos Barreiros e desde 2015 para a Associação Amor Mais. Colocar em prática a minha formação* e gostos próprios, tem-se baseado no que ando por aqui a fazer. *Animação Cultural? Fazer festas? Fazer de bobo? É o que vocês quiserem. Desde que respeitem os que tropeçam em vós, tudo certo. Se quiserem saber mesmo do que se trata, o email está por aí algures. | Mais sobre o autor...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here