Início Haja Saúde Disfemia

Disfemia

Por
31
0

A 22 de outubro celebra-se o Dia Internacional da Gaguez. Esta data pretende consciencializar para as dificuldades, traumas e receios que as pessoas com gaguez enfrentam no seu dia-a-dia quando tentam comunicar com outras pessoas.

Mas o que é afinal a gaguez? A gaguez corresponde a uma perturbação da fluência da fala e, portanto, da comunicação em que a pessoa sabe exatamente o que quer dizer mas o seu discurso é caracterizado por repetições, pausas, hesitações, prolongamentos ou bloqueios. Há alturas em que não conseguimos ser fluentes quando pretendemos dizer alguma coisa, em que não encontramos a palavra correta que nos permita continuar o raciocínio, em que nos “engasgamos”, principalmente em alturas em que estamos sob pressão, cansados ou até mesmo quando temos de falar em público.

Se pensarmos que a comunicação é a base das relações sociais, o impacto desta patologia na vida de um indivíduo pode ser tão grande que acaba mesmo por se tornar incapacitante.

Quais as causas da gaguez? Os fatores genéticos são bastante importantes, uma vez que em cerca de 60% dos casos de gaguez, existe uma história familiar semelhante. Também se considera a existência de causas neurológicas e psicossociais para a gaguez, relacionadas, por exemplo, com as exigências do meio envolvente e com o desenvolvimento linguístico na infância.

Como se trata a gaguez? Existem várias metodologias de intervenção consideradas bem-sucedidas no tratamento da gaguez. A Terapia da Fala é utilizada com frequência nestes casos, pois um profissional com experiência em intervenção com crianças, jovens e adultos com gaguez pode ensinar métodos e técnicas que permitem tornar o discurso mais fluente.

Como se previne a gaguez? Não existe forma de prevenir a gaguez, mas é possível evitar que a mesma se torne um problema crónico, recorrendo a um diagnóstico e a um tratamento precoce.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here