Início Editorial Editorial (Janeiro.2017)

Editorial (Janeiro.2017)

Por
9
0

Em primeiro lugar, votos de ótimo ano! Não para todos, mas para si que comprou o AmorMais e está a ler o 1º editorial de 2017!

Muitas coisas aconteceram em 2016, nas nossas vidas, pelo país e no mundo. Muitas sem culpa sua, algumas por sua responsabilidade e outras por sua causa. Sim por sua causa! Pode acreditar ou não, mas este jornal existe graças a si. Graças a sermos ambos amorenses.

Depois de ter concluído a minha formação em animação cultural e não fazer ideia de qual seria o meu futuro, dei o que tinha e não tinha por vários projetos onde me incluí. Durante essas experiências apercebi-me de que a educação que me fora dada pela minha família e o que aprendi com os pares estava notoriamente a fundir-se com aqueles 3 anos de formação, que generalizando, ninguém sabe, nem bem, nem mal, do que se trata. Mas, no fundo, isso pouco importa. Porque o mágico não tem necessariamente de se identificar para que o seu truque resulte, e, as capas e cartolas até já saíram de moda. A “animadora” tem o dever de promover o desenvolvimento, seja cultural, desportivo, educacional, ambiental…e, para mim, será sempre social. É nessa perspetiva que trabalho.

Durante ano de 2016 aconteceu magia. E peço-vos que não se sintam traídos. Apenas que se deixem levar pela bolinha vermelha que flutua por cima do pano branco, que se espantem, riam e…para os mais curiosos, que se interessem pelo truque, que o aprendam e o queiram repetir.

Depois de revistas e jornais de grupos de jovens, a vontade de voltar a compilar os lugares, as pessoas, os festejos, as tradições e mais que houvesse surgiu. E isso, isso traria o desenvolvimento. Incrível como um pequeno livrete fez animar quem o recebeu em casa, quem o procurou à saída da missa ou na loja mais próxima.

Escreveu-se um ano da história da Freguesia de Amor! Ficaram registadas perguntas e respostas, histórias de lugares, vivências de jovens e séniores, experiências de quem é de cá mas anda por lá. E acredite, é por sua causa que andamos cá, porque sabemos que gosta tanto da terra que o viu nascer e/ou viver como nós.

Partilhar
Artigo anteriorDiferenças (Dezembro.2016)
Próximo artigoPrevisões astrológicas para 2017 – Pelo Professor Paupaulupu Apadripiapânupu
Escrito por:

Sílvia Góis

Sílvia Góis, natural dos Barreiros e estou como sou no AmorMais. O gosto pela criação e recriação acompanha-me desde que 1 metro era o tamanho da minha altura. Disseram-me para seguir algo certeiro - para a procura do “Emprego” e o que se seguisse fosse mais fácil. As oportunidades para seguir dessa maneira surgiram, mas não fruíram. Sabia o que não queria (Se fosse ao contrario era mais fácil!). Então, o meu percurso académico passou pela multimédia e animação cultural. E a fotografia digital é um hobbie. No fundo seria bom que “O Emprego” pudesse ser: Idiota. Porque o meu forte mesmo é ter ideias (e os outros sinónimos todos dessa palavra, se quiserem). Por ter tantas, e não saber o que fazer com elas, sozinha, tento canalizá-las desde 2012 para a Associação Desportiva e Recreativa dos Barreiros e desde 2015 para a Associação Amor Mais. Colocar em prática a minha formação* e gostos próprios, tem-se baseado no que ando por aqui a fazer. *Animação Cultural? Fazer festas? Fazer de bobo? É o que vocês quiserem. Desde que respeitem os que tropeçam em vós, tudo certo. Se quiserem saber mesmo do que se trata, o email está por aí algures. | Mais sobre o autor...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here