Início INFORMAÇÃO Dia das Mentiras 2017. Novo templo crescerá no Casal Novo.

Dia das Mentiras 2017. Novo templo crescerá no Casal Novo.

Por
138
0

Embora o desejo de inaugurar uma nova igreja a tempo do centenário das Aparições de Fátima não se vá realizar, o trabalho realizado por um grupo de cidadãos nos últimos meses acelerou a concretização de um sonho antigo: a construção de uma igreja no lugar do Casal Novo.
Segundo pudémos apurar, este grupo de locais encontra-se no terreno há vários meses, tendo já adquirido os terrenos onde será implantado o templo, e partilhou com o nosso jornal a primeira maqueta da futura igreja.
O design inovador do edifício pretenderá cumprir vários objectivos: destacar-se do edificado que o rodeia, ao mesmo tempo que se insere perfeitamente no declive do terreno onde será construído; assim como homenagear ao mesmo tempo a verticalidade dos pinhais tão abundantes na freguesia e as chaminés das grandes fábricas vidreiras da
Marinha Grande, onde grande parte da população trabalhou durante as últimas décadas do século XX.
Assim que começar a construção espera-se que a mesma se complete em tempo recorde, face à aplicação de peças pré-fabricadas, assim como a utilização de materiais como o cimento e a madeira.
O templo terá como padroeiro São Marcos, santo reconhecido pela sua amizade com São Pedro e São Paulo (oragos da Igreja de Amor), e protetor dos vidreiros.

O Concelho Editorial do Jornal AmorMais – Mensário da Freguesia de Amor gostava de esclarecer que no âmbito do espírito de brincadeira que está associado ao dia 1 de abril, e à longa tradição que existe nos jornais impressos da publicação de uma mentira nesse dia (ou no nosso caso, nesse mês), a história anteriormente relatada é completo fruto da imaginação do autor, não estando este ao corrente de nada que aponte para uma futura construção de uma igreja no lugar do Casal Novo. A imagem utilizada foi escolha pessoal do autor, e trata-se de uma igreja já construída na localidade de Knarvik (Noruega). Esperamos que todos compreendam a brincadeira.

Partilhar
Artigo anteriorEdição 16 (Abr.2017)
Próximo artigoEdição 17 (Mai.2017)
Escrito por:

Levi Redondo Bolacha

Com formação em Química e Biologia, perdeu-se de amores pela Genealogia após um trabalho da cadeira universitária de Genética. Apaixonado por vários temas, é normal encontrá-lo perdido numa livraria a deambular entre a área da História e da Ficção Cientifica. | Mais sobre o autor...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here