Início INFORMAÇÃO Legislativas 2022. Em quem costumam votar os amorenses?

Legislativas 2022. Em quem costumam votar os amorenses?

Por
75
0

Sabia que o seu boletim de voto difere do boletim de voto de alguém que vote em Lisboa ou no Porto?
A realidade é que os boletins de voto têm apenas representados os partidos que apresentaram lista por aquele círculo eleitoral. Traduzindo, enquanto em Lisboa os eleitores terão vinte e dois partidos por onde escolher, em Amor — e em todas as freguesias do “Círculo de Leiria” — serão “apenas” dezoito, faltando o “Juntos Pelo Povo“, o “Aliança“, o “Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses” e o “Partido Popular Monárquico“.
O “Círculo de Leiria” é um de vinte e dois círculos eleitorais, e corresponde aos concelhos que formavam o extinto “Distrito de Leiria”. Em conjunto elegem 10 deputados para a Assembleia da República — no total de 230 deputados.

Serão os amorenses de “direita”?

Ao longo dos anos, o número — e o nome — dos partidos tem diferido, mas as escolhas dos amorenses apenas começaram a mudar há duas décadas.
Antes das eleições de 1999, em nove sufrágios desde 1975, os amorenses tinham votado em massa nos partidos de direita. O Partido Social-Democrata venceu cinco vezes, o Partido Popular duas vezes, e a coligação destes dois partidos (Aliança Democrática), outras duas vezes.
A primeira vitória do Partido Socialista apenas aconteceu em 1999, tendo repetido a façanha em 2005, 2009 e 2019. Em todas as outras, a maioria dos amorenses escolheram partidos de direita para os representar — mesmo que estes não tenham ganho a nível nacional.
O tradicionalismo do voto amorense é tanto, que se excluirmos três partidos (PS, PSD e CDS), apenas em duas ocasiões — em dezasseis eleições legislativas — conseguiu outro partido obter mais de 10% dos votos. Em ambos os casos, foi o Bloco de Esquerda a consegui-lo em 2009 e 2015.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here