Início Não definida Dia das Mentiras 2020. Vasco Palmeirim: “Eu sou candidato!”

Dia das Mentiras 2020. Vasco Palmeirim: “Eu sou candidato!”

Por
97
0

As eleições autárquicas que se irão realizar no próximo outono ganharam um candidato de peso em Amor: Vasco Palmeirim, apresentador de televisão e locutor de rádio, descendente de amorenses, vai liderar um projeto independente à Junta de Freguesia de Amor.

Pelo que o nosso jornal pode confirmar, esta candidatura apanha os restantes partidos de surpresa, sem argumentos para esta “contratação” de luxo. Existem mesmo rumores de possíveis queixas já apresentadas à Comissão Nacional de Eleições e à Entidade Reguladora para a Comunicação Social, por parte de membro dos partidos habituais, que consideram ilegal e “extremamente injusta” a utilização da popularidade de uma pessoa entre os amorenses para liderar um movimento autárquico.

Com 41 anos, o lisboeta é neto em sétimo grau do Dr. José Gomes Henrique Gaio, importantíssima personalidade amorense e leiriense do século XIX, e tem expressado várias vezes o seu amor pela terra dos seus ancestrais, com várias passagens televisivas pela nossa freguesia. Sem experiência autárquica, o candidato não fecha a porta a coligações pré e pós-eleições, assumindo que desde que “venham para trabalhar, são todos bem-vindos”.

Numa conversa exclusiva com o nosso jornal, o agora candidato levantou um pouco do véu do seu programa, apresentando já algumas promessas aos amorenses, que espera consubstanciar ao longo dos próximos meses.

  • Todas as pontes da freguesia serão aumentadas — “Encontro-me neste momento no processo de compra de uma casa na freguesia, e é vergonhoso os meus amigos terem de passar pelas pontes que existem e ligam o centro de Amor ao acesso à autoestrada”.
  • Sentidos únicos — “Existem casos de tráfego intenso porque não nos conseguimos cruzar em certas ruas com um trator. 70% das ruas da freguesia passarão a ser de sentido único, com a criação de passeios nas suas laterais”.
  • Todos os orçamentos e concursos das obras serão públicos — “Eu não conheço nenhuma empresa da freguesia, por isso não me podem acusar de estar a favorecer o primo da minha cunhada, com quem eu namorei quando era jovem”.
  • Construção de um novo bairro, para lidar com a crise habitacional — “Nos terrenos onde esteve programada a construção da ETES vai nascer o “Bairro das Barrocas”, pronto para receber casais dispostos a fixarem-se na freguesia por um período mínimo de dez anos, com a Junta de Freguesia a abdicar do IMI que recebe por cada imóvel”.
  • O novo Centro de Saúde estará pronto em 2025 — “Teremos obra para apresentar e inaugurar antes das eleições autárquicas de 2025”.
  • Novos serviços de saúde — “Enquanto esperamos pelo novo edifício, vamos avançar com a contratação de um dentista, um psicólogo, um otorrinolaringologista e de um oftalmologista, para cobrir as principais necessidades dos amorenses”.
  • Serviço Táxi-Saúde — “Tal como em Lisboa, iremos comprar um novo veículo e contratar um motorista para puder transportar os mais idosos às suas consultas ao centro de Amor ou a Leiria para receberem a vacina contra a Covid-19”.
  • Uma escola, um pavilhão multidesportivo — “Estamos a negociar com os acionistas do colégio já existente, para a oferta educativa passar a incluir todos os anos de ensino, desde o 1.º ano até ao 9.º. Todos os edifícios utilizados pelas escolas serão incluídos na bolsa habitacional de arrendamento, e os seus rendimentos irão permitir a expansão do pavilhão desportivo já existente, juntamente com a criação de piscinas, um campo de padel, um campo de badminton, uma parede de escalada e um percurso de ski florestal”.
  • Apoio mútuo — “Iremos apoiar todos os clubes cujos presidentes aceitem fazer parte da nossa lista. Não deixamos de apoiar quem nos apoia”.
  • Nova comunicação com o munícipe — “Iremos lançar um novo jornal e um serviço de televisão, mas comunicaremos principalmente através de Whatsapp e Telegram, aonde iremos diariamente mostrar aos nossos eleitores o que realizamos naquele dia e que projetos temos para o futuro. O acesso ao presidente passará a estar nas mãos de cada um”.

Nota de redação: Vasco Palmeirim é realmente neto em sétimo grau do Dr. José Gomes Henrique Gaio, importantíssima personalidade amorense e leiriense do século XIX. Tudo o resto era mentira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here